Nuno Borges supera jornada dupla e conquista primeiro Challenger da carreira

Sara Falcão/FPT

Nuno Borges (253.º classificado no ranking ATP) conquistou, este domingo, o primeiro título de singulares da carreira no circuito Challenger ao derrotar o britânico Ryan Peniston (284.º) por 6-4 e 6-3 em Antália, Turquia.

Horas depois de ter passado pelo primeiro desafio do dia, devido à chuva que cancelou a jornada anterior, o tenista maiato registou a quinta vitória da semana em duas partidas para colocar a cereja no topo do bolo e encerrar uma campanha perfeita.

Depois de um arranque lento, que o deixou a perder rapidamente por 4-1, Nuno Borges assumiu o controlo do encontro, venceu os cinco jogos seguintes e só parou com o troféu de campeão nas mãos. A vitória foi rubricada em 1h19.

Aos 24 anos, Nuno Borges tornou-se no 10.º tenista português a conquistar um título de singulares no ATP Challenger Tour. A vitória em Antália permitiu ao jogador natural da Maia assegurar um lugar entre os 230 primeiros do ranking na atualização que será publicada na segunda-feira, quebrando de forma muito significativa a barreira do top 250.

Com o título em Antália, Nuno Borges colocou-se em posição de apuramento para o qualifying do Australian Open — o primeiro torneio do Grand Slam da carreira enquanto profissional.


Total
16
Shares
Total
16
Share