Está decidido: ténis internacional regressa em agosto, Madrid e Roma entre Grand Slams

Terminou o suspense: as associações de tenistas profissionais (ATP e WTA) e a Federação Internacional de Ténis (ITF) anunciaram que os circuitos internacionais de ténis vão regressar no dia 3 de agosto e apresentaram o calendário para o que falta jogar de 2020.

Com a temporada significativamente prejudicada pela pandemia do novo coronavírus, o regresso do ténis ao mais alto nível vai dividir-se entre a Europa e os Estados Unidos da América, continua em Nova Iorque (onde já foi confirmada uma “bolha competitiva” que culmina no US Open) e regressa ao velho continente para uma época de terra batida improvisada.

O primeiro torneio oficial da nova realidade do circuito feminino acontecerá em Palermo (Itália), na semana de 3 de agosto, seguido de um evento numa localização ainda por anunciar, a 10 de agosto.

O circuito masculino só retomará a competição a 14 de agosto, em Washington, D.C., onde a organização do Citi Open já confirmou a realização do tradicional ATP 500 e aguarda validação com o circuito feminino para manter o WTA International. Daí, os jogadores seguirão para a cidade de Nova Iorque, onde se vão disputar dois torneios: Masters 1000/Premier 5 de Cincinnati (22 a 28 de agosto), que foi transferido para as instalações de Flushing Meadows, e o US Open (31 de agosto a 13 de setembro).

No caso do Grand Slam norte-americano, o qualifying foi descartado pela organização — o que significa que o português Pedro Sousa ganha acesso direto ao quadro principal. Já o torneio de Cincinnati, manterá os quadros principais com 56 jogadores e a fase de qualificação com 48.

Por terra ficam os torneios do Canadá (Masters 1000 e Premier WTA), Winston-Salem (ATP 250), San Jose (Premier WTA) e Albany (WTA International), uma vez que depois da “gíria” norte-americana, que tem sido muito contestada por vários nomes da modalidade e já sofreu uma grande baixa, o ténis internacional regressa à Europa para um mês improvisado… E frenético: os torneios de Madrid (14 a 20 de setembro) e Roma (21 a 27) jogam-se imediatamente a seguir ao US Open e nas vésperas de Roland Garros, que tem início marcado para 27 de setembro.

Quanto aos torneios secundários do circuito masculino (ATP Challenger Tour e provas ITF), serão retomados na semana de 17 de agosto.

Calendários provisórios ATP e WTA:

Última atualização às 16h10.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."