Portugal com adversários conhecidos no Grupo II da Fed Cup que começa esta quarta-feira

A cerca de 24 horas do início da participação no Grupo II da Zona Europa/África da Fed Cup, a seleção nacional feminina ficou esta terça-feira a conhecer o grupo em que irá a jogo entre os dias 6 e 9 de fevereiro no National Tennis Centre do Luxemburgo.

A Pool A é constituída por apenas três equipas devido à desistência da Moldávia (Bósnia e Herzegovina, Áustria e Tunísia), enquanto a Pool B conta com quatro seleções: Portugal, Luxemburgo, África do Sul e Israel.

Constituição das equipas

POOL A

  • Bósnia e Herzegovina: Dea Herdzelas (483.ª), Anita Husaric (766.ª), Nefisa Berberovic (773.ª) e Jelena Simic
  • Áustria: Barbara Haas (179.ª), Julia Grabher (260.ª), Melanie Klaffner (598.ª), Sinja Kraus e Mira Antonitsch
  • Tunísia: Ons Jabeur (56.ª), Chiraz Bechri e Ferdaous Bahri

POOL B

  • Portugal: Francisca Jorge (648.ª), Maria Inês Fonte, Cláudia Cianci (851.ª) e Ana Filipa Santos
  • Luxemburgo: Mandy Minella (99.ª), Eleonora Molinaro (438.ª), Marie Weckerle, Claudine Schaul e Laura Correia
  • África do Sul: Chanel Simmonds (488.ª), Zani Barnard, Madrie Le Roux, Theresa Alison Van Zyl e Imaan Hassim
  • Israel: Maya Tahan, Lina Glushko, Shahar Biran e Darya Shvartsmann

O Grupo II da Fed Cup desenrola-se de forma semelhante ao Grupo I: numa primeira fase joga-se a fase de grupos e depois, segundo a classificação obtida com os resultados dos três primeiros dias, as eliminatórias de promoção e despromoção.

As primeiras classificadas de cada grupo defrontam as segundas, com as duas equipas vencedoras a garantirem a qualificação para o Grupo I. Já a quarta classificada da Pool B (o grupo de Portugal) é automaticamente despromovida ao Grupo III, enquanto as terceiras classificadas competem entre si na jornada de sábado para se saber qual das equipas também desce.

Para a disputa do Grupo II da Fed Cup, onde Portugal já não marcada presença desde o ano de 2011, a capitão Neuza Silva chamou as quatro semifinalistas da última edição do Campeonato Nacional Absoluto: Francisca Jorge (bicampeã), Maria Inês Fonte (finalista), Cláudia Cianci e Ana Filipa Santos, as duas últimas estreantes absolutas na equipa.

Relacionado:

Atualizado às 10h56.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."