João Sousa: “Tenho de dar mérito a Cilic porque fez um excelente encontro”

A participação de João Sousa no quadro principal de singulares do Australian Open chegou ao fim na passada madrugada, em virtude da derrota frente ao croata Marin Cilic.

Na análise ao encontro que ditou o seu afastamento, o número 1 nacional lamentou a derrota e reconheceu que Cilic foi superior. “Infelizmente hoje não consegui vencer. Não entrei bem no encontro e isso permitiu-lhe ganhar bastante confiança. Ele esteve sempre muito cómodo e agressivo”, começou por afirmar, em declarações à sua assessoria de imprensa.

“No capítulo do serviço esteve muito bem durante todo o encontro e eu não consegui encontrar o antídoto que contrariasse essa boa performance. Foi superior a mim”, acrescentou o vimaranense.

João Sousa ainda conseguiu equilibrar a segunda partida, mas admitiu que nunca se sentiu confortável durante a contenda. “No segundo set consegui servir um pouco melhor, mas a verdade é que nunca me senti a jogar bem do fundo do campo e depois no terceiro set ele fez um break no início e acabou por cair para o lado dele”, constatou.

“É uma exibição com com a qual não fiquei contente mas o ténis é mesmo assim e tenho de dar mérito ao adversário porque fez um excelente encontro”, concluiu.

Segue-se agora a participação na competição de pares do primeiro Grand Slam da época, onde jogará ao lado do argentino Leonardo Mayer (também ele já eliminado do quadro individual).

Total
2
Shares

Leave a Reply

Total
2
Share