Nadal pragmático alcança terceira ronda do Australian Open

Fotografia: Ben Solomon/Tennis Australia

Rafael Nadal deu continuidade à sua excelente entrada na edição de 2018 do Australian Open ao assegurar na última madrugada o passaporte para os dezasseis-avos de final do “Happy Slam” e continuar assim em busca de um segundo título em Melbourne — e segundo Grand Slam de carreira (quando se vence todos os Majors por, pelo menos, duas ocasiões).

A realizar o seu primeiro torneio desde que abandonou as Nitto ATP Finals 2017 devido a lesão, o maiorquino, detentor de 16 troféus do Grand Slam, apresentou-se a um nível q.b. para afastar pela quinta vez em cinco encontros o argentino Leonardo Mayer (52.º) em apenas três partidas: 6-3, 6-4 e 7-6(4).

Embora sem ter tido muita competição nos últimos tempos, o número um mundial parece não ter acusado uma suposta falta de ritmo e conseguiu com toda a sua experiência anular as investidas do seu opositor, que ainda chegou a ter pontos de break a seu favor e incomodou o “Touro de Manacor” em alguns jogos, somando 40 winners e apenas 10 erros não forçados rumo a mais um triunfo em sets diretos.

Na próxima fase, Nadal, que continua a sua saga vencedora com a camisola sem mangas que muito tem dado que falar, irá medir forças com o 28.º pré-designado, o bósnio Damir Dzumhur (30.º), que saiu vencedor por 7-5, 3-6, 6-4 e 6-1 ante o australiano John Millman (122.º).

O confronto direto dita uma vitória para Dzumhur sobre Nadal no anterior duelo disputado entre ambos, com o espanhol a desistir na segunda ronda da edição de 2016 do Masters 1000 de Miami a 2-6, 6-4 e 3-0.

Total
2
Shares
Total
2
Share