Pedro Sousa luta mas não evita derrota na estreia no quadro principal de Wimbledon

Terminou esta quarta-feira a representação portuguesa nos quadros profissionais do torneio de Wimbledon, com Pedro Sousa (número dois nacional e 121.º do ranking ATP) a ser derrotado pelo favorito Lorenzo Sonego (23.º cabeça de série e finalista do ATP 250 de Eastbourne no sábado) depois de três sets em que lutou, mas acabou por se ressentir da lesão abdominal que já o tinha prejudicado este ano.

A vitória do adversário italiano foi consumada com os parciais de 6-2, 7-5 e 6-0, mas o segundo parcial chegou a estar totalmente inclinado para o lado do lisboeta de 33 anos, que até dispôs de um set point (ao 5-4) já depois de ser assistido.

Depois de João Sousa, Pedro Sousa deixou os quadros principais (e profissionais) de Wimbledon sem representantes portugueses, não sendo ainda clara qual é a próxima paragem do jogador lisboeta. No entanto, o grande objetivo que se segue é evidente: a primeira participação da carreira nuns Jogos Olímpicos, em Tóquio.

Total
5
Shares
Total
5
Share