Norrie arrasa Thiem em Lyon e Tsitsipas também segue para os quartos de final

Millennium Estoril Open

Alerta: o primeiro cabeça de série do ATP 250 de Lyon está fora da prova. Na estreia, Dominic Thiem foi arrasado esta quinta-feira pelo vice-campeão do Millennium Estoril Open, Cameron Norrie, que continua a realizar uma temporada de terra batida repleta de grandes resultados.

Semifinalista em Lyon em 2018, o tenista britânico de 25 anos precisou de apenas 66 minutos para bater Thiem por 6-3 e 6-2 e igualar o confronto direto entre ambos, já que o austríaco tinha vencido o único encontro anterior frente a Norrie, na edição de 2018 do ATP 500 de Acapulco. Perante o número quatro mundial, Cameron Norrie colocou 73% dos primeiros serviços, venceu 91% dos pontos com a primeira bola (30/33) e converteu três de quatro break points, para além de não ter enfrentado qualquer break point em todo o encontro.

Com uma exibição dominadora, o britânico conquistou a maior vitória da carreira e chegou ao 21.º triunfo em 2021, num total de 31 encontros realizados. Com a temporada ainda a meio, Cameron Norrie tem já tantas vitórias quanto em 2019, o ano em que mais venceu no circuito (terminou com um registo de 21-25). O atual número 49 mundial espera agora por Arthur Rinderknech (125.º) ou Jannik Sinner (17.º) nos quartos de final.

Esta quinta-feira foi também dia de estreia para Stefanos Tsitsipas, segundo melhor cotado em Lyon. O grego mediu forças com Tommy Paul (53.º) pela segunda vez no ATP Tour e voltou a vencer, tal como já tinha feito em Washington, em 2019. Com uma grande exibição, Tsitsipas triunfou por 6-1 e 6-4 em 76 minutos.

Apesar de ter colocado apenas 49% dos primeiros serviços, o número cinco mundial apresentou elevadas percentagens de pontos ganhos com o serviço (83% no primeiro, 72% no segundo) e não enfrentou qualquer break point em todo o encontro. Nos quartos de final, Tsitsipas vai defrontar o japonês Yoshihito Nishioka (60.º), que bateu Gael Monfils (14.º) por 4-6, 6-3 e 7-6[2] no primeiro jogo da jornada desta quinta-feira, que teve ainda Richard Gasquet (52.º) a vencer Diego Schwartzman (10.º).

Total
1
Shares
Total
1
Share