Quem sabe, não esquece: Gasquet dá recital e avança para os quartos de final em Lyon

Open Parc Auvergne-Rhone-Alpes Lyon

O francês Richard Gasquet tem sofrido com problemas físicos recorrentes, mas ainda assim não deixa de perfumar os courts pelo mundo fora com a qualidade do seu ténis. Esta quinta-feira, o tenista de 34 anos somou a segunda vitória no ATP 250 de Lyon e apurou-se para os quartos de final da prova, num encontro onde se exibiu a um grande nível.

Gasquet, que ocupa o 52.º lugar no ranking ATP, mediu forças com o terceiro melhor cotado da prova, o argentino Diego Schwartzman (10.º), e venceu por 6-3 e 7-5. O confronto direto entre ambos dava uma almofada de conforto ao gaulês, que liderava por 3-1 (1-0 em terra batida) à partida para este encontro. Contudo, Gasquet estava desde 2019 sem vencer um tenista do top 10, somando por derrotas os seis encontros (2-13 em sets) realizados contra tenistas desse lote desde então.

Ainda assim, o experiente tenista de Béziers desde cedo mostrou ao que vinha. Gasquet venceu 12 dos primeiros 16 pontos do encontro e abriu uma vantagem de 3-0 que veio a ser crucial para o resto do set. Um break abaixo, Schwartzman só conseguiu espreitar a recuperação no sétimo jogo, mas não conseguiu converter nenhum dos dois break points que teve. A seguir, o argentino eliminou um set point ao serviço para reduzir para 5-3, mas Gasquet conseguiu fechar o set com um jogo em branco.

Depois de um grande primeiro set, Richard Gasquet parecia ter tudo muito bem encaminhado quando quebrou o serviço de Schwartzman no primeiro jogo da segunda partida. Numa situação cada vez mais apertada, o sul-americano respondeu com o contra-break, voltou a sofrer o break a seguir e respondeu novamente com um contra-break antes de ser o primeiro a vencer um jogo de serviço e a avançar para o 3-2.

Na reta final do set, Gasquet fez o quarto break no encontro para se colocar a servir a 5-4 para fechar o encontro. Ao serviço, o francês descobriu os primeiros dois match points, mas não converteu e acabou por sofrer um novo contra-break. Apesar disso, o ex-número sete mundial não se deixou abalar, fez novamente o break e serviu uma segunda vez para a vitória, dessa feita com sucesso.

A vitória desta quinta-feira permite a Richard Gasquet chegar aos quartos de final em Lyon pela primeira vez na carreira, superando a segunda ronda atingida em 2019. Na próxima eliminatória, o gaulês vai medir forças com o russo Karen Khachanov (26.º), que venceu Kamil Majchrzak (129.º) na jornada de quarta-feira.

Total
2
Shares
Total
2
Share