Frederico Silva brilha e fica a uma vitória do quadro principal do Millennium Estoril Open

Millennium Estoril Open

Portugal vai ter dois tenistas a lutar pelo acesso ao quadro principal do Millennium Estoril Open, onde já está João Sousa. Depois de Nuno Borges ter conseguido vencer no primeiro encontro do diaFrederico Silva também brilhou e arrancou o triunfo no encontro que encerrou a ação deste sábado no Estádio Millennium. O número três nacional bateu o norte-americano Brandon Nakashima (136.º ATP), sétimo cabeça de série, por 6-2 e 6-3.

O tenista das Caldas da Rainha não jogava oficialmente há um mês, quando cedeu na fase de qualificação do Masters 1000 de Miami. No regresso à competição, Frederico Silva não mostrou qualquer falta de ritmo, bem pelo contrário. O tenista português controlou o encontro praticamente na sua totalidade e esteve com o serviço extremamente afinado. O pupilo de Pedro Felner colocou 72% das primeiras bolas e venceu 79% dos pontos disputados com o primeiro ‘saque’ (31/39). Para além disso, o número 171 mundial eliminou os três break points que enfrentou.

O primeiro break point do encontro até surgiu a favor de Nakashima, no terceiro jogo do primeiro parcial. No entanto, Frederico Silva deu a volta à situação e desferiu os golpes certeiros pouco depois. O caldense assumiu as rédeas a partir do 2-2 e venceu os quatro jogos seguintes de forma consecutiva para se adiantar no marcador.

Embalado pelo primeiro set dominador, Frederico Silva entrou a todo o gás na segunda partida e quebrou o serviço de Nakashima logo no segundo jogo. A liderar por 3-0, o caldense veio a enfrentar dois break points quando servia para chegar ao 4-1, mas conseguiu eliminar ambos e confirmar o jogo de serviço. Daí em diante, Nakashima tentou ao máximo reverter a situação, mas o melhor que conseguiu foi abrir uma vantagem de 0-30 quando Frederico Silva servia a 5-3 para a vitória. Apesar disso, o português venceu os quatro pontos seguintes e fechou o encontro à primeira tentativa.

Com o quadro principal muito perto de ser alcançado, Frederico Silva está ainda à espera de conhecer o adversário deste domingo. O tenista português vai cruzar-se com Jaume Munar (86.º ATP), primeiro cabeça de série, ou Thomas Fabbiano (166.º ATP).

Notícia atualizada pela última vez às 17h45.

Total
3
Shares
Total
3
Share