Nuno Borges estreia-se a ganhar em torneios ATP e está à porta do quadro principal do Millennium Estoril Open

Millennium Estoril Open

Uma estreia de sonho em torneios ATP para Nuno Borges. Depois de ser convidado pela organização do Millennium Estoril Open para disputar a fase de qualificação, o tenista maiato foi o primeiro a entrar em court na edição de 2021 do ATP 250 português e garantiu este sábado o acesso à segunda e última ronda do qualifying. No primeiro embate da carreira em torneios do principal circuito, Borges bateu o britânico Liam Broady (137.º ATP), oitavo cabeça de série, por 6-3 e 7-5.

Apesar de ser a estreia a este nível, Nuno Borges mostrou os seus argumentos e conseguiu contrariar o ténis do britânico, que assenta o jogo na potência do primeiro serviço e que tem vindo a realizar um dos melhores arranques de época da carreira. Com uma exibição muito madura, o tenista de 24 anos controlou com o primeiro serviço – venceu 87% dos pontos jogados com a primeira bola (34/39) – e foi agressivo nas respostas. Broady, que não teve um dia tão inspirado no que ao ‘saque’ diz respeito, teve dificuldades para lidar com a qualidade da resposta de Borges e acabou por enfrentar um total de 12 break points – três foram convertidos pelo português – ao longo do encontro.

As primeiras oportunidades para o tenista luso surgiram logo no terceiro jogo da primeira partida, mas Broady eliminou os dois break points que enfrentou. No jogo seguinte, foi a vez de Nuno Borges ter que enfrentar dois break points, mas o maiato deu a volta ao 15-40, empatou o parcial a dois e avançou mesmo para o break no jogo seguinte. Com um controlo total do encontro, o número 331 mundial teve um novo break point para poder chegar ao 5-2, mas Broady conseguiu evitar que tal acontecesse. Ainda assim, o britânico nada pôde fazer para impedir um segundo break quando servia a 5-3 para se manter na discussão do set.

Em vantagem no marcador, Nuno Borges não se acomodou e manteve a pressão no adversário. O maiato teve dois break points logo no segundo jogo do parcial, mas não conseguiu capitalizar. Pouco depois, Broady chegou ao terceiro break point – e último – no encontro, mas Borges voltou a sair por cima e avançou para o 3-2. Num parcial muito equilibrado, o tenista português continuou a criar ocasiões para chegar ao break decisivo, mas o britânico voltou a sair por cima no oitavo jogo após ter enfrentado um 15-40. Com o parcial em 5-5, Borges conseguiu um jogo de serviço em branco para chegar ao 6-5 e colocar a pressão toda do lado do adversário. Broady começou bem o jogo de serviço, ao abrir uma vantagem de 30-0, mas Nuno Borges manteve a pressão e inverteu a desvantagem. Ao primeiro match point, o tenista de 24 anos confirmou aquela que é a maior vitória da carreira.

O triunfo deste sábado deixa Nuno Borges a uma vitória de garantir o acesso ao quadro principal do Millennium Estoril Open. O luso regressa ao court este domingo para defrontar o vencedor do embate entre Roberto Carballes Baena (91.º ATP), segundo cabeça de série no qualifying, e Henri Laaksonen (139.º ATP).

Notícia atualizada pela última vez às 13h13.

Total
12
Shares
Total
12
Share