Oficial: ATP, WTA e ITF suspendem todo o ténis até 7 de junho

Não há volta a dar: num comunicado conjunto, a ATP, a WTA e a ITF oficializaram, esta quarta-feira, que toda a temporada de terra batida foi suspensa devido à pandemia de coronavírus.

Por outras palavras, não haverá ténis internacional até, pelo menos, 7 de junho.

A suspensão dos circuitos significará o cancelamento da maioria das provas de terra batida previstas para este período (o Millennium Estoril Open já o formalizou, prometendo regressar “com força redobrada em 2021”). A grande exceção é Roland Garros, que não está sob a tutela da ATP e da WTA mas sim da Federação Francesa de Ténis (FFT) e na terça-feira surpreendeu ao anunciar o adiamento para setembro.

Foi essa decisão, aliás, que ajudou a que as restantes entidades se unissem de forma sem precedentes e o comunicado-conjunto emitido esta quarta-feira deixa claro que a medida dos franceses não agradou a mais ninguém:

“Os desafios colocados pela pandemia de Covid-19 ao ténis profissional exigem maior colaboração do que nunca entre toda a comunidade do ténis de forma a que o desporto avance coletivamente tendo em conta o melhor interesse dos jogadores, dos torneios e dos fãs. Eta não é uma altura de agir de forma unilateral mas sim em uníssono e todas as decisões que dizem respeito ao impacto do coronavírus [no ténis] requerem a consulta e a revisão apropriadas com todos os envolvidos, uma visão que é partilhada pela ATP, a WTA, a ITF, o AELTC [que organiza Wimbledon], a Tennis Australia [Australian Open] e a USTA [US Open].” De fora ficou, apenas, a FFT.

Última atualização às 18h37.

Total
14
Shares
Total
14
Share