De Norte a Sul, todas as associações regionais de ténis suspenderam a atividade

As 13 associações regionais de ténis do país anunciaram, nos últimos dois dias, a suspensão de todas as atividades previstas para os próximos dias, uma resposta à pandemia de Covid-19 que já tinha levado à suspensão total dos vários circuitos mundiais.

De Norte a Sul, ilhas incluídas, não houve exceção entre Vila Real, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Castelo Branco, Leiria, Lisboa, Setúbal, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

A grande maioria das associações decretou a suspensão de todas as atividades previstas até 31 de março, mas algumas foram mais longe: Setúbal suspendeu tudo até 9 de abril, Castelo Branco até 10 de abril e a Madeira até 30 de abril.

Para além das associações regionais, são cada vez mais os clubes a optarem pelas mesmas medidas com vista à prevenção e contenção do surto que está a afetar todo o planeta.

Na manhã desta sexta-feira a Federação Portuguesa de Ténis também anunciou a suspensão da realização de todas as provas até ao dia 31 de março. Na véspera, ATP, WTA e ITF também tomaram medidas que “congelam” os circuitos internacionais até pelo menos 20 de abril.

Total
8
Shares
Total
8
Share