Oficial: ATP suspende circuito durante seis semanas devido ao Covid-19

É oficial: a Associação de Tenistas Profissionais (ATP) decidiu suspender totalmente os seus dois circuitos durante pelo menos seis semanas devido ao surto global do novo coronavírus Covid-19, declarado pela Organização Mundial da Saúde como uma pandemia na quarta-feira.

A suspensão prolonga-se até ao dia 26 de abril, pelo que até indicações em contrário não está inviabilizada a realização do Millennium Estoril Open — aliás, caso o período de “quarentena” do circuito masculino termine na data prevista o torneio português será, a par do ATP 250 de Munique, o primeiro a realizar-se, o que certamente resultaria nas listas mais fortes da história de ambos os torneios.

Para além dos já cancelados eventos de Indian Wells e Miami também serão “deixados para trás” os torneios ATP de Marraquexe, Houston, Monte Carlo, Barcelona e Budapeste, bem como todas as provas do ATP Challenger Tour previstas para as próximas seis semanas.

E porque tem efeito imediato, a suspensão dos circuitos significa que os torneios Challenger desta semana, em Nur Saltan e Potchefstroom, não vão ser concluídos.

Porque o impacto na modalidade será gigante, a ATP também anunciou que continuará a acompanhar os desenvolvimentos da situação e que anunciará mais decisões nos próximos dias. Também foi anunciado que em colaboração com a ITF não serão atribuídos pontos para o ranking ATP nos torneios que eventualmente se realizarem durante o período da suspensão.

Última atualização às 15h00.

Total
20
Shares
Total
20
Share