Stefanos Tsitsipas também fica pelo caminho em Wimbledon

Fotografia: ATP Tour

As surpresas vão acumulando-se esta segunda-feira e a edição de 2019 de Wimbledon acabou de assistir a mais um afastamento que poucos preveriam: após Naomi Osaka e Alexander Zverev, agora foi Stefanos Tsitsipas quem saiu de cena na estreia.

O jovem talento helénico de 20 anos, campeão do Millennium Estoril Open deste ano e atual sexto classificado do ranking individual (máximo de carreira), não foi capaz de comprovar o teórico favoritismo sobre o italiano Thomas Fabbiano, que apesar do 89.º lugar que ocupa demonstrou ter ténis para voos mais altos e acabou mesmo por confirmá-lo ao superiorizar-se através dos parciais de 6-4, 3-6, 6-4, 6-7(8) e 6-3, em três horas e 27 minutos de batalha.

Naquela que foi uma das partidas mais equilibradas desta primeira jornada, Tsitsipas e Fabbiano começaram por repartir os dois primeiros sets: enquanto no primeiro o italiano fez a diferença ao obter dois breaks contra um do adversário, no segundo bastou uma oportunidade para o grego descolar no marcador e deixar tudo de nova na “estaca zero”.

Depois, no terceiro parcial, os dois jogadores seguraram com facilidade (à exceção do quarto jogo, em que o campeão da última edição do NextGen Finals servia) os seus jogos de serviço até ao nono jogo, onde Tsitsipas não resistiu dessa vez à pressão do tenista natural de Grottaglie e cedeu-lhe uma vez mais a liderança do encontro.

O quarto set, contudo, foi o mais equilibrado: nenhum dos intervenientes vacilou uma única vez e tal redundou num tiebreak impróprio para cardíacos onde, após salvar dois match points, Stefanos Tsitsipas conseguiu aproveitar o seu terceiro set point e remeter a discussão desta autêntica “maratona” para uma quinta e decisiva partida.

Chegados à ‘negra’ e quando pareceria que o momentum estaria do lado do sétimo pré-designado tanto física como psicologicamente, verificou-se o contrário: Thomas Fabbiano manteve-se taco a taco com o seu oponente e foi ele quem se destacou ao fazer o break no sétimo e nono jogos para somar a maior vitória da carreira aos 30 anos de idade.

Assim, Tsitsipas falha na tentativa de defesa dos pontos relativos aos oitavos de final do ano passado e abandona o All England Club com o sabor amargo de um desaire numa primeira ronda de um Grand Slam, não devendo estar em risco a sua permanência no top-10 mundial.

Quanto a Fabbiano, o atleta transalpino olha agora para o que aí vem e tal será um confronto contra o gigante croata Ivo Karlovic (80.º), que afastou o compatriota de Thomas Fabbiano, o qualifier Andrea Arnaboldi (219.º), por 6-4, 6-4 e 7-6(4).

De notar também esta tarde a eliminação de outro cabeça de série: o sérvio Dusan Lajovic (36.º ATP), que fecha a lista de candidatos ao título (portanto, é o 32.º), não conseguiu ultrapassar a estrela NextGen polaca Hubert Hurkacz (48.º) e sucumbiu então pelos parciais de 6-3, 4-6, 6-4 e 6-4.

Total
10
Shares
Total
10
Share