Sorrir em casa tem outro sabor: Chardy vence Berdych em maratona e leva Court Philippe Chatrier à loucura

Jeu, set et match, Monsieur Chardy. Durante 4h18, os vários milhares espetadores presentes no Court Philippe Chatrier sonharam com a hora a que a árbitra de cadeira proferisse tais palavras. E acabou mesmo por acontecer, com Jeremy Chardy a derrotar Tomas Berdych numa autêntica maratona para chegar à segunda ronda do torneio de Roland Garros.

Atualmente com 31 anos, o número 86 do mundo contou com o apoio dos seus compatriotas e deu uma grande alegria àqueles que hoje, quarta-feira, assistiram à conclusão do que tinha começado e sido adiado ontem, terça. Fácil? Nada disso, ou não tivesse ele visto o checo, já com 32 anos, recuperar da desvantagem de dois sets a zero para assustar — e muito –, mas corridas mais de quatro horas de encontro a vitória lá chegou, pelos suados parciais de 7-6(5), 7-6(8), 1-6, 5-7 e 6-2.

Para Chardy, trata-se da passagem à segunda ronda do “seu” torneio do Grand Slam pelo sétimo ano consecutivo, ele que em 2008 conseguiu o melhor resultado em Roland Garros (chegou à quarta ronda). Já para Berdych, é o confirmar de uma época de terra batida para esquecer: o 17.º cabeça de série sai de Paris com quatro derrotas em quatro encontros disputados na superfície.

Esta é a 9.ª vitória de um jogador da casa no quadro principal masculino da edição de 2018 de Roland Garros. Nos três primeiros dias de competição, Lucas Pouille, Richard Gasquet, Gael Monfils, Gilles Simon, Benoit Paire, Julien Benneteau, Corentin Moutet e Pierre-Hughes Herbert já tinham seguido em frente. Herbert será, aliás, o próximo adversário de Chardy.

No que ao Court Philippe Chatrier diz respeito, há dois encontros já concluídos (antes de Jeremy Chardy já Simona Halep tinha seguido em frente) e faltam jogar-se outros três, todos eles de luxo: Kei Nishikori defronta o favorito do público Benoit Paire, a campeã do Australian Open, Caroline Wozniacki, mede forças com a espanhola Georgina Garcia Perez e o francês Lucas Pouille “recebe” o britânico Cameron Norrie.

Total
1
Shares

Leave a Reply

Total
1
Share