João Domingues arrasa quinto pré-designado e é o primeiro português a vencer no Lisboa Belém Open

LISBOA – Após dois encontros desfavoráveis às aspirações da comitiva portuguesa, eis que chega a vez de João Domingues alterar o rumo dos acontecimentos. O jogador de Oliveira de Azeméis iniciou da melhor forma possivel a sua prestação no Lisboa Belém Open ao atropelar em dois sets o quinto cabeça de série Marcelo Arevalo.

Embora desconhecido do público em geral, a verdade é que Arevalo encontra-se num excelente momento de forma. Neste ano de 2018, o 147.º classificado da hierarquia mundial já se sagrou campeão de dois torneios Challenger, ambos no México e o último dos quais ainda bem recentemente, no final do mês passado.

Tendo em conta as circunstâncias, a tarefa do representante nacional não se adivinhava tão acessível como mais tarde a história do duelo viria a relatar. Após um inicio de jogo em falso – altura em que o tenista de El Salvador conseguiu o break à primeira oportunidade -, Domingues pareceu despertar, conquistando de seguida todos os restantes jogos do set.

Mais tarde, na segunda partida, o lusitano de 24 anos foi capaz de levar consigo o ímpeto protagonizado anteriormente, efetuando uma demolidora dupla quebra nos dois primeiros serviços do oponente. Perante este cenário, com a disputa praticamente finalizada, o eventual vencedor mostrou uma segurança inquebrável no seu serviço gerindo assim a disputa até ao seu término.

Os parciais finais definiram-se num duplo 6-2, ao cabo de uma hora e oito minutos.

Com presença garantida nos oitavos de final da segunda prova Challenger realizada em solo português, Domingues terá pela frente o NextGen canadiano Felix Auger-Aliassime (185.º), carrasco de Gonçalo Oliveira esta terça-feira.

Aos 17 anos de idade, o canadiano conta já com dois títulos nesta categoria, ambos no ano transato e em terra batida — superficie que ambos irão pisar na próxima ronda.

 

Total
2
Shares

Leave a Reply

Total
2
Share