Del Potro afirma ter tido que “correr muito” para superar Khachanov

del Potro JM
Fotografia: Luke Hemer/Tennis Australia

Após a vitória frente a Karen Khachanov (47.º), num encontro referente à segunda ronda do Australian OpenJuan Martin del Potro falou sobre este embate e as duras condições atmosféricas verificadas, em entrevista dada em court logo após o final da partida.

Consciente do surgimento de uma nova geração de atletas que se têm apresentado a um nível bastante elevado, o argentino confessou ter-se esforçado ao máximo para conseguir sobrepor-se ao jovem russo de apenas 21 anos. “Esses rapazes estão muito fortes, sinto claramente que estou a envelhecer. Eles têm um jogo muito duro”, observou.

“Ele (Karen Khachanov) bate mais na bola do que eu. Tive que correr muito mas penso ter aproveitado as minhas oportunidades para ganhar o encontro e estou muito feliz por ter ultrapassado este desafio”, confessou del Potro.

Quanto ao calor abrasador que se sentiu ao longo deste confronto, o argentino reconheceu que isso elevou ainda mais o grau de dificuldade do encontro, ressalvando que essas eram as condições atmosféricas ideais para “ficar pela praia, ver televisão ou beber uma cerveja”.

Esperando na próxima ronda um Tomas Berdych (20.º) proveniente de uma vitória frente a Guillermo Garcia Lopez (71.º), Juan Martin del Potro, que ao longo do embate frente a Khachanov teve de ser assistido em court devido a problemas na perna e na coxa direita, garante que vai trabalhar na sua recuperação física. “Irei ver agora o que se passa com o meu corpo, tenho o dia livre amanhã, portanto irei tentar recuperar e estar pronto para o próximo jogo”.

Total
1
Shares
Total
1
Share