Juan Martin del Potro vence clássico falado em castelhano e chega à primeira final do ano

Juan Martin del Potro

Está a ser o começo de temporada perfeito para Juan Martin del Potro: depois de garantir o regresso ao top 10 mundial pela primeira vez desde 2014, o argentino derrotou David Ferrer na jornada desta sexta-feira para chegar à final do ASB Classic, o ATP 250 de Auckland.

A jogar o torneio neozelandês pela primeira vez desde que conquistou o título no ano de 2009, o astro argentino teve pela frente o já veterano espanhol num clássico falado em castelhano e que prendeu todos os espetadores às cadeiras do court central do primeiro ao último ponto.

Com dois dos jogadores mais experientes e consagrados dos últimos tempos frente a frente, o torneio de Auckland assistiu a um verdadeiro espetáculo: de um lado, um verdadeiro especialista na defesa do campo; do outro, o detentor de um ténis potente como raramente se viu, capaz de disparar winners a 160km/h com a sua direita.

O resultado, claro, só poderia ser um encontro cativante, que acabou com a “Torre de Tandil” a vencer pelos parciais de 6-4 e 6-4 para chegar à final do torneio de Auckland pela segunda vez. Na primeira, em 2009 (que tinha aliás sido o ano da sua última participação), derrotou Sam Querrey para conquistar o título.

Agora, oito anos depois, terá de levar a melhor sobre Roberto Bautista Agut se quiser fazer o mesmo. O guerreiro Roberto Bautista Agut, que no primeiro duelo desta sexta-feira derrotou o holandês Robin Haase por impressionantes 6-7(7), 7-6(3) e 7-6(5) quando estavam já decorridas 2h52 de encontro.

Clique aqui para consultar o quadro principal de singulares do ATP 250 de Auckland, atualizado automaticamente com todos os resultados.

Atualizado às 09h21.

Total
1
Shares

Leave a Reply

Total
1
Share