Alex de Minaur continua a brilhar e atinge meias-finais de Brisbane em semana inesquecível

Alex de Minaur

Dificilmente Alex de Minaur poderia ter imaginado um percurso como este em Brisbane. Há precisamente dois dias surpreendeu um jogador de elite como Milos Raonic, atingindo pela primeira vez os quartos de final de um torneio ATP. E esta sexta-feira, o adolescente australiano “atropelou” a promessa americana Michael Mmoh em dois sets, pelos parciais 6-4, 6-0, para garantir a presença inédita numa meia-final.

Após o culminar do encontro, foi com um sorriso resplandecente no rosto que o tenista de apenas 18 anos surgiu no court para comentar a sua prestação. “Estava com muitos nervos à partida para este jogo, é uma grande oportunidade estar aqui. Ao longo do encontro fui ganhando confiança e acabei por encontrar algum do melhor ténis que alguma vez joguei”, confessou o aussie, demonstrando em todos os momentos uma postura consciente e assertiva.

É certo que ainda é cedo, mas o ano de 2018 apresenta-se com excelentes perspetivas de sucesso para de Minaur. Prova da ascensão quase exponencial do teenager é a recordação de que ainda no ano transato se apresentava em Portugal a disputar FuturesFast forward uns meses, o australiano é semifinalista de um ATP 250 e conta com um wild card no bolso de acesso ao quadro principal do Australian Open.

Para já, é imperativo não acordar do sonho em Brisbane. Na ronda seguinte disputará o acesso à final com o vencedor do encontro entre o uzbeque Denis Istomin e o americano Ryan Harrison. E na dúvida sobre se de Minaur está preparado, nada melhor que as palavras do próprio: “Agora não posso parar, não é?”. E não pode mesmo.

Total
1
Shares

Leave a Reply

Total
1
Share