“Conquistador Palace” é o hotel de João Sousa em Guimarães com referências à carreira do vimaranense

Chama-se Conquistador Palace, integra o centro histórico da Cidade Berço e mistura os detalhes da construção original com a história e as conquistas de uma carreira: o hotel de João Sousa em Guimarães nasceu de uma paixão do tenista português e já está de portas abertas.

Ao jornal O Minho, o melhor tenista português de sempre explicou que “quando comprei o edifício a ideia era recuperá-lo, porque o meu pai tem uma grande paixão por objetos antigos e pelo restauro”. Mas o edifício revelou-se demasiado grande para a família e “decidimos partilhá-lo, até porque sentimos que havia falta deste tipo de alojamento em Guimarães”.

Construído em 1827, o edifício foi recuperado entre 2015 e 2021, mas manteve os traços arquitetónicos originais. Se a decoração é discreta na referência aos feitos de João Sousa, os nomes dos 14 quartos não deixam dúvidas de que se trata de um edifício com a assinatura do vimaranense.

Quatro quartos pedem o nome emprestado às cidades que acolhem os quatro torneios do Grand Slam (Melbourne, Paris, Londres e Nova Iorque), seis a torneios ATP Masters 1000 (Miami, Monte Carlo, Madrid, Roma, Toronto e Xangai), um à cidade para a qual o português se mudou aos 15 anos, Barcelona, e três às conquistas de João Sousa no circuito ATP — Kuala Lumpur, Valência e Estoril.


Total
38
Shares
Total
38
Share