Gonçalo Oliveira afastado na segunda ronda do Maia Open

Sara Falcão/FPT

MAIA – Gonçalo Oliveira (284 do mundo) ainda venceu o set inaugural jogando algum do seu melhor ténis, mas acabou derrotado na segunda ronda do Maia Open, permitindo a recuperação do francês Geoffrey Blancaneaux (283.º) por 2-6, 6-3 e 6-4 em 2h17.

Após um primeiro parcial irrepreensível, onde até podia ter vencido com margem mais dilatada, fruto essencialmente de boas percentagens no serviço (só enfrentou dois break points no derradeiro jogo) e de respostas que lhe permitiram ficar por cima da maioria dos pontos, a partir daí a contenda foi muito mais equilibrada e foi sem surpresas que tudo se decidiu num terceiro set no court número quatro.

Aí, Blancaneux adiantou-se logo com 2-0, Oliveira recuperou no sexto jogo, mas no sétimo o gaulês 23 anos – com devoluções bem compridas – voltou para a frente, nunca mais cedendo a vantagem, concretizando a vitória ao terceiro ponto de encontro. No final, não houve cumprimento entre ambos, resultado de alguma animosidade ao longo do embate.

Geoffrey Blancaneux impede um duelo entre portugueses nos quartos de final do Maia Open, já que nesta sexta-feira encara Gastão Elias ou Tiago Cação em luta por um lugar nos quatro melhores da competição.


Total
2
Shares
Total
2
Share