Embalado por “ambiente especial”, agora Borges sabe que pode “chegar longe” na Maia

Sara Falcão/FPT

MAIA – O início da primeira ronda do Maia Open foi muito difícil para Nuno Borges, ainda a processar tudo o que ocorreu nos últimos dias com o primeiro triunfo na categoria Challenger. Mas foi num ambiente quase de Taça Davis que o maiato conseguiu dar a volta ao encontro, encontrando o seu ténis para bater o alemão Elmar Ejupovic.

“Foi uma atmosfera diferente do habitual e até o meu adversário me disse no final que gostou de jogar neste ambiente. Foi espetacular, dos mais especiais em que já joguei e espero ter mais momentos deste”, afirmou o atual 228 do ranking ATP

“Entrei um bocadinho nervoso, joguei um pouco de forma conservadora. Mas ele teve mérito, foi sempre prego a fundo e não falhou. Não sabia muito para onde ir”, disse o tenista de 24 anos quando confrontado com os primeiros 11 pontos do duelo, todos caídos para o lado do oponente. “Foi o momento de tentar perceber se era eu que precisava de fazer mais, se era ele que estava a jogar bem. Tive de arranjar soluções em condições diferentes das da semana passada, num jogo totalmente diferente do que tinha mentalizado”.

Uma “mudança de chip” que espera vir a ter muito mais vezes. “Ainda estou a aprender a mudar de torneio e adaptar a diferentes condições. Continua a ser difícil entrar logo bem, mais pelo nervosismo até. Espero que com o decorrer da minha carreira seja capaz de ser cada vez mais rápido a adaptar a diferentes condições nas primeiras rondas”, desejou Borges, que considera estar agora mais relaxado pelo alcançar de dois objetivos: o primeiro título no ATP Challenger Tour e o apuramento para o Grand Slam inaugural.

Esta quinta-feira há duelo marcado com o tunisino Aziz Dougaz, um velho conhecido da Universidade norte-americana e antigo parceiro de pares rapazes em Roland-Garros. No entanto, esteja quem estiver do outro lado da rede, o quinto cabeça de série da competição sabe que nesta terceira edição do Maia Open é um jogador melhor em relação às provas anteriores. “Agora quando jogo este torneio sei que posso chegar longe”.


Total
16
Shares
Total
16
Share