Federação Portuguesa de Ténis amplia Complexo do Monte Aventino com três campos cobertos

Miguel Pinto/Meow

A Federação Portuguesa de Ténis inaugurou, este sábado, o pavilhão do Complexo
Desportivo do Monte Aventino, no Porto, que conta com três novos courts cobertos de piso rápido preparados para receber provas nacionais e internacionais.

O espaço conta ainda com balneários, ginásio, sala de fisioterapia, sala de
formação e sete gabinetes de apoio.

Na cerimónia de inauguração estiveram presentes o Presidente da Federação Portuguesa
de Ténis, Vasco Costa, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo
Rebelo
, e o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira.

“Desde que assumimos a gestão do Complexo Desportivo do Monte Aventino foi nossa intenção clara dotá-lo das mais modernas infraestruturas. O Porto tem atualmente uma projeção mundial, sendo reconhecido como um dos mais atrativos destinos turísticos, pelo que pretendemos capitalizar esse reconhecimento para trazer à cidade os mais importantes torneios da modalidade. O projeto que hoje apresentamos vai fazer do Monte Aventino um espaço com infraestruturas de excelência que rivalizam com os mais modernos centros de treino mundiais”, destacou Vasco Costa.

“O pavilhão do Monte Aventino representa, para o ténis nacional, um reforço muito significativo da oferta de campos para servir os nossos melhores atletas em toda a zona Norte do País, numa perfeita articulação entre a Câmara do Porto e a Federação Portuguesa de Ténis. É com muito gosto que participo nesta inauguração”, referiu João Paulo Rebelo.

“A inauguração deste magnífico pavilhão, que hoje aqui assinalamos, é o culminar de um ambicioso projeto que tivemos a felicidade de poder concretizar com a Federação Portuguesa de Ténis, ao abrigo de um contrato de concessão para a gestão e exploração do Complexo Desportivo do Monte Aventino por um período de 20 anos, mantendo-se na propriedade do Município. De facto, se hoje aqui chegamos, e se hoje podemos mostrar todas as valências deste novo centro de excelência para o ensino e a prática do ténis, é porque no caminho conseguimos encontrar o parceiro certo para desenvolver este projeto”, concluiu Rui Moreira.

Construído em 1997, o Monte Aventino ganhou uma nova vida em 2018, aquando do
acordo celebrado entre a Federação Portuguesa de Ténis e a Câmara Municipal do Porto
para a gestão e exploração do equipamento por um período de 20 anos.


Total
0
Shares
Total
0
Share