Inês Murta eliminada na estreia no Madeira Ladies Open

A portuguesa Inês Murta, uma das tenistas convidadas pela organização para disputar o quadro principal do Madeira Ladies Open 2021, foi afastada esta quarta-feira da prova. No encontro de estreia, a atleta lusa cedeu perante uma adversária oriunda da fase de qualificação.

A número 788 mundial mediu forças com a italiana Deborah Chiesa, 584.ª classificada no ranking WTA. Apesar do embate equilibrado, Murta esteve praticamente sempre atrás no marcador e acabou derrotada por 6-4 e 7-5, ao cabo de uma hora e 47 minutos de encontro.

O primeiro set começou com uma troca de breaks nos primeiros quatro jogos, com Inês Murta a ter sempre capacidade para responder às quebras de serviço conseguidas por Chiesa. No quinto jogo, a portuguesa aproveitou para vencer o jogo de serviço e se adiantar por 3-2, mas a adversária respondeu com três jogos consecutivos para virar o resultado para 3-5. A servir para se manter no set, Murta cumpriu e colocou a pressão do lado de lá da rede, mas Chiesa não tremeu e fechou o set com um jogo tranquilo.

O segundo parcial seguiu praticamente a mesma toada do primeiro. Os cinco jogos inaugurais terminaram em quebras de serviço, com Chiesa a vencer por 3-2. A italiana venceu o jogo de serviço seguinte para chegar ao 4-2, mas Inês Murta não atirou a toalha ao chão e recuperou a desvantagem para igualar o parcial. Na reta final, quando já cheirava a tiebreak, a portuguesa teve um jogo de serviço menos positivo, no qual cometeu duas das quatro duplas faltas com que terminou o encontro. Murta foi quebrada e Chiesa fechou de seguida o encontro ao serviço, ainda que tenha sido forçada a jogar as vantagens.

Com o desaire de Inês Murta, a representação portuguesa no quadro de singulares do Madeira Ladies Open fica ao encargo de Sara Lança e Francisca Jorge. As duas atletas lusas vão a jogo ainda esta quarta-feira.


Total
2
Shares
Total
2
Share