João Sousa defronta velho conhecido na estreia em Orleans

Open Parc Auvergne-Rhone-Alpes Lyon

Depois dos quartos de final alcançados em Biel, João Sousa já prepara a próxima prova no circuito Challenger. O vimaranense vai jogar esta semana em Orleans, cidade francesa que acolhe um Challenger 125, e já conhece o sorteio da competição.

Na primeira ronda, o número dois nacional vai medir forças com o belga Ruben Bemelmans (221.º ATP), tenista de 33 anos que entrou no quadro principal enquanto alternate. O embate em Orleans será o quarto da história entre Sousa e Bemelmans, sendo que o belga lidera o confronto direto por 2-1, com as duas vitórias a surgirem exatamente nas mesmas condições de jogo que se vão verificar em Orleans.

O confronto direto entre João Sousa e Ruben Bemelmans:

AnoTorneioSuperfícieEliminatóriaVencedorResultado
2010Challenger de RecanatiPiso Rápido OutdoorR1João Sousa7-6[5], 3-6 e 6-2
2016ATP 250 de MontpellierPiso Rápido IndoorR1Ruben Bemelmans6-4, 3-6 e 6-4
2017ATP 250 de AntuérpiaPiso Rápido IndoorQFRuben Bemelmans4-6, 7-6[2] e 6-4

Se ultrapassar a primeira ronda no torneio francês, que celebra a 16.ª edição, João Sousa vai depois cruzar-se com o vencedor do embate entre o alemão Daniel Masur (231.º ATP) e o francês Pierre-Hugues Herbert (100.º ATP), oitavo cabeça de série. O tenista luso está inserido na metade superior do quadro, pelo que uma eventual caminhada até aos quartos de final pode colocá-lo em rota de colisão com Ugo Humbert (26.º ATP), o principal cabeça de série.

O Challenger de Orleans é da categoria Challenger 125, a mais alta no circuito secundário, e distribui mais de 130 mil euros em prémios monetários. O sueco Mikael Ymer é o campeão em título, depois de ter conquistado a prova em 2019 (em 2020 não houve torneio). O último campeão francês foi Pierre-Hugues Herbert, possível adversário de Sousa na segunda ronda, que triunfou em 2016. Para esta edição, Ugo Humbert é o primeiro cabeça de série e Herbert o oitavo. Pelo meio surgem também como pré-designados Benjamin Bonzi (61.º ATP), Arthur Rinderknech (74.º ATP), Richard Gasquet (81.º ATP), Jiri Vesely (88.º ATP), Corentin Moutet (91.º ATP) e Gilles Simon (99.º ATP).

Challenger-125-Orleans-2021-sorteio

Total
2
Shares
Total
2
Share