João Sousa reencontra-se com as vitórias no Rafa Nadal Open

Dois meses depois, João Sousa (149.º do ranking ATP) voltou a celebrar num court de ténis ao derrotar o alternate japonês Hiroki Moriya (286.º) por 6-4, 1-6 e 7-5 para carimbar o apuramento para a segunda ronda do Rafa Nadal Open — o segundo torneio do circuito secundário em que o melhor tenista português da história participa esta época.

Quarto cabeça de série, o vimaranense de 32 anos precisou de sofrer antes de celebrar a vitória: depois de um primeiro set que dominou graças a um break logo no jogo inaugural, João Sousa não conseguiu aproveitar as três oportunidades para repetir a façanha no segundo, foi o primeiro a ceder um jogo de serviço e voltou a desperdiçar pontos de break (sete…) ao quinto jogo, pelo que se viu obrigado a uma partida decisiva.

Tal como nos parciais anteriores, o tenista luso foi quem mais criou oportunidades, mas Moriya colocou-o entre a espada e a parede ao quebrar o serviço para chegar ao 5-4 e servir para a vitória. No entanto, no momento de todas as decisões o nipónico acusou a pressão e deixou de conseguir oferecer réplica, abrindo caminho à recuperação de João Sousa.

A vitória desta terça-feira foi a primeira de João Sousa em torneios do ATP Challenger Tour desde o dia 28 de julho de 2013, quando se sagrou campeão em Guimarães. Desde aí, só por uma ocasião, já este ano em Antália, tinha ido a jogo em provas do circuito secundário, mas sem sucesso em mais um início de ano atribulado.

Apurado para a segunda ronda em Maiorca, num torneio que se realiza na academia de Rafael Nadal e que presta homenagem ao número quatro mundial, João Sousa terá como próximo adversário um jogador da casa: Roberto Ortega-Olmedo (308.º).

Total
10
Shares
Total
10
Share