Matilde Jorge recupera o título de campeã nacional de sub 18

LOUSADA — Dois anos depois de ter conquistado o primeiro título de campeã nacional de sub 18, Matilde Jorge voltou a ser feliz na prova rainha do escalão de transição para o profissionalismo, ao derrotar Maria Santos por 6-1 e 6-0 para recuperar o troféu de campeã que tinha perdido em 2020 para Maria Inês Fonte.

Numa final ainda assim mais equilibrada do que o resultado aparenta, a jogadora do Clube de Ténis de Guimarães (que integra a estrutura do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis) dominou do início ao fim o encontro frente à atleta da Escola de Ténis da Maia, que em Lousada deu seguimento às excelentes semanas no circuito internacional — que resultaram em dois títulos consecutivos, em Leiria e no Porto — para disputar a primeira final individual em campeonatos nacionais.

Com apenas 17 anos, e ainda no primeiro ano de júnior, Matilde Jorge chegou aos oito títulos de campeã nacional (dois em sub 12, dois em sub 14, dois em sub 16 e, agora, dois em sub 18). O primeiro neste escalão foi conquistado em 2019, também em Lousada e então com 15 anos, enquanto em 2020 a vimaranense perdeu a final para Maria Inês Fonte.

Atualizado às 11h40 e posteriormente às 15h41 com o vídeo das declarações de Matilde Jorge.

Total
1
Shares
Total
1
Share