Tiago Cação derrotado na última ronda do qualifying em Praga

Sara Falcão/FPT

Apenas um dia depois de ter assinado uma das melhores vitórias da carreira no arranque em Praga, Tiago Cação foi travado e impedido de atingir o quadro principal do Challenger checo. Esta segunda-feira, o tenista de Peniche cedeu para o argentino Facundo Diaz Acosta (429.º), sétimo cabeça de série da fase de qualificação, pelos parciais de 6-4 e 6-0.

O tenista luso teve uma boa entrada em jogo e conseguiu quebrar o serviço de Acosta logo no jogo inaugural. No entanto, o argentino respondeu com grande nível e não só fez o contra-break, como alinhou quatro jogos de forma consecutiva para passar a liderar por 4-1.

Na reta final do primeiro set, Tiago Cação reentrou na discussão do parcial ao anular dois set points para quebrar o serviço do adversário. Porém, o tenista português não conseguiu confirmar o jogo de serviço seguinte e acabou por ver o set escapar-lhe.

O desaire no primeiro parcial teve repercussões fortes na confiança de Cação, que não voltou a conseguir apresentar um bom nível de jogo. O tenista de Peniche venceu apenas dois pontos ao serviço em todo o segundo parcial e acabou por sofrer um “pneu” em apenas 21 minutos.

Arredado da competição, Tiago Cação só deve voltar a competir na primeira semana de setembro. O tenista luso está inscrito no qualifying do ITF de 25 mil dólares de Sintra, que arranca no dia 6 de setembro.

Total
11
Shares
Total
11
Share