Depois de tremer na estreia, Nadal cai na terceira ronda em Washington

Os sinais dados na estreia diante de Jack Sock já não tinham sido os melhores e esta madrugada voltaram a não ser. Rafael Nadal regressou ao court no ATP 500 de Washington para procurar o acesso aos quartos de final da prova no ano de estreia, mas cedeu para o sul-africano Lloyd Harris (50.º ATP) por 6-4, 1-6 e 6-4.

A exibição do maiorquino voltou a ser muito inconstante, com Nadal a realizar um grande segundo set e a ameaçar a reviravolta, mas a perder novamente o gás no decisivo parcial. Por entre erros de direita e inferioridade em muitos rallies do fundo do court, o que nem sempre se vê, o tenista espanhol viu o adversário atingir uma das maiores vitórias da carreira.

Depois de ceder o primeiro parcial, onde até teve um break point quando Harris servia para fechar, Nadal respondeu em grande. O canhoto de Manacor encontrou a fórmula para desmontar o serviço do adversário e venceu cinco jogos consecutivos para forçar o terceiro parcial.

As coisas pareciam estar de volta ao controlo do número três mundial, que ameaçou o break logo no primeiro jogo. No entanto, Harris foi tendo sempre os melhores serviços guardados para as alturas críticas. O sul-africano salvou os dois break points e salvou um terceiro mais à frente no set, antes de capitalizar na única oportunidade que teve para fechar o embate ao fim de duas horas e 11 minutos.

O desaire desta madrugada vai atirar Rafael Nadal para fora do top 3 do ranking mundial, com o maiorquino a ceder o lugar a Stefanos Tsitsipas. Já Lloyd Harris continua a caminhada na capital norte-americana e tem embate agendado com Kei Nishikori nos quartos de final.

Total
1
Shares
Total
1
Share