Krajinovic e Carreño Busta discutem troféu em Hamburgo

O ATP 500 de Hamburgo já tem finalistas definidos: Filip Krajinovic e Pablo Carreño Busta saíram vencedores nas meias-finais deste sábado e vão voltar ao court no domingo para discutir o troféu. O sérvio e o espanhol não são novos em finais, mas Krajinovic ainda está à procura de quebrar o enguiço e de vencer o primeiro troféu da carreira no circuito ATP.

Um dia depois de ter derrotado Stefanos Tsitsipas com uma bela exibição (foi a terceira vitória da carreira sobre tenistas do top 10 em 24 encontros), Krajinovic colecionou mais um triunfo diante do compatriota Laslo Djere (57.º ATP). O número 44 mundial, que entrou para a primeira meia-final da época com um registo de 8-6 em terra batida, venceu de forma tranquila — 6-4 e 6-2 — e garantiu o apuramento para a quarta final da carreira, a primeira desde 2019 e a segunda no “pó de tijolo”. Nas três ocasiões anteriores em que esteve a uma vitória do título, Krajinovic ficou sempre pelo segundo lugar.

Na segunda meia-final do dia, Pablo Carreño Busta (13.º) mediu forças com o argentino Federico Delbonis (48.º), que chegou às meias-finais a jogar a um grande nível. Depois de um primeiro set sem break points e decidido no tiebreak, o sul-americano — especialista na superfície — tentou dificultar ao máximo a vida do espanhol no segundo set, mas não conseguiu converter nenhuma das quatro chances que teve e Carreño Busta selou o triunfo com os parciais de 7-6[2] e 6-3.

O ex-número dez mundial possui agora um registo de 16-4 na terra batida em 2021 (22-9 na época inteira) e vai jogar a nona final da carreira e segunda da temporada (venceu em Marbella). Antigo semifinalista em Hamburgo, em 2019, Carreño Busta atinge pela primeira vez a final no torneio alemão. Em grandes decisões, o registo do tenista de 30 anos é positivo (5-3) e dois dos títulos que possui foram conquistados em terra batida (Millennium Estoril Open, em 2017, e Marbella, em 2021).

Total
1
Shares
Total
1
Share