Lorenzo Sonego e Alex de Minaur atingem final em Eastbourne

Wimbledon está já ao virar da esquina, mas antes ainda existem finais para se jogar. No aquecimento para o terceiro Grand Slam da temporada, Lorenzo Sonego e Alex de Minaur vão ter a oportunidade de expandir o palmarés em Eastbourne, onde ambos estão apurados para a final.

Esta sexta-feira, Sonego foi o primeiro a garantir uma vaga na grande decisão. O número 27 mundial, terceiro favorito ao título, bateu o lucky loser Max Purcell (283.º) em três sets — 6-1, 3-6 e 6-1 — e vai disputar a segunda final da temporada (quarta da carreira). Em abril, Sonego foi finalista na terra batida de Cagliari e conquistou mesmo o troféu, ao derrotar Laslo Djere. O tenista transalpino, de resto, já venceu um torneio em relva (Antália, em 2019) e parte para a final de Eastbourne com um registo de duas vitórias e um desaire em grandes decisões.

Do outro lado da rede vai estar Alex de Minaur. O australiano, que ocupa o 18.º lugar no ranking ATP, precisou de 81 minutos para derrotar o sul-coreano Soonwoo Kwon (77.º) por 6-3 e 7-6[2]. O tenista de 22 anos ainda não cedeu qualquer parcial esta semana e vai procurar conquistar este sábado o quinto título da carreira em nove finais disputadas. Nas oito finais anteriores, todas elas disputadas em piso rápido, o tenista de Sydney venceu quatro, a última delas já esta época, em Antália.

Na final deste sábado, Alex de Minaur e Lorenzo Sonego vão medir forças pela segunda vez na história. O confronto direto é favorável ao tenista australiano, que saiu por cima no Masters 1000 de Paris do ano passado.

Total
1
Shares
Total
1
Share