Francisca Jorge sobe 63 lugares e estreia-se no top 400 do ranking WTA

Aos 21 anos, Francisca Jorge tornou-se, esta segunda-feira, na 10.ª tenista portuguesa a chegar ao top 400 do ranking WTA e na nona a obter melhor classificação, ao ascender ao 382.º lugar.

Número um nacional, a jovem vimaranense subiu 63 posições fruto das meias-finais alcançadas no ITF de 25.000 dólares de Montemor-o-Novo, há pouco mais de uma semana, para alcançar a melhor classificação da carreira.

Com esta subida, Francisca Jorge juntou-se às compatriotas Michelle Larcher de Brito (chegou a ser 76.ª), Maria João Koehler (102.ª), Neuza Silva (133.ª), Frederica Piedade (142.ª), Sofia Prazeres (159.ª), Magali de Lattre (334.ª), Tânia Couto (345.ª), Bárbara Luz Medeiros (368.ª) e Ana Catarina Nogueira (383.ª) — superando inclusive o registo da portuense, atual número 20 mundial de padel — no restrito grupo de representantes nacionais que chegaram ao top 400 do ranking mundial feminino.

Portuguesas que chegaram ao top 400 WTA:

76 – Michelle Larcher de Brito
102 – Maria João Koehler
133 – Neuza Silva
142 – Frederica Piedade
159 – Sofia Prazeres
334 – Magali De Lattre
345 – Tânia Couto
368 – Bárbara Luz
382 – Francisca Jorge
383 – Ana Catarina Nogueira

Na atualização do ranking desta segunda-feira, Francisca Jorge foi, aliás, a única jogadora portuguesa a ganhar posições: Inês Murta manteve o 639.º lugar, enquanto Maria Inês Fonte (996.ª), Sara Lança (1083.ª), Ana Filipa Santos (1161.ª), Matilde Jorge (1372.ª), Inês Oliveira (1401.ª) e Rita Pinto (1401.ª) perderam algumas posições.

Total
1
Shares
Total
1
Share