Djokovic finta eliminação e supera atrevimento de Musetti rumo aos quartos de final

Novak Djokovic qualificou-se, esta segunda-feira, para os quartos de final de Roland-Garros pela 15.ª vez, ao recuperar da desvantagem de dois sets a zero pela quinta vez na carreira para superar Lorenzo Musetti por 6-7(7), 6-7(2), 6-1, 6-0 e 4-0 com desistência do italiano, devido a problemas físicos, numa altura em que a reviravolta já estava desenhada.

Num encontro muito atípico, o número um mundial não esteve ao seu melhor nível durante os dois primeiros parciais e o irreverente Musetti aproveitou para agarrar uma vantagem muito interessante, mas problemas físicos na zona da anca prejudicaram o jovem de 19 anos, que a partir do início do terceiro set deixou de conseguir oferecer resistência. Djokovic, por sua vez, foi rápido a ler a situação e colocou o pé no acelerador para diminuir as hipóteses do jovem adversário, que numa questão de minutos ficou “paralisado”.

A vitória desta segunda-feira foi a quinta de Novak Djokovic depois de perder os dois primeiros sets e a primeira desde Wimbledon 2015, quando também perdeu dois tie-breaks antes de dar a volta a Kevin Anderson com os parciais de 6-1, 6-4 e 7-5 nos últimos sets, rumo ao título.

À procura do segundo troféu de campeão em Roland-Garros mas também forçado a avançar para se agarrar ao estatuto de número um mundial, que ainda lhe pode ser roubado pelo russo Daniil Medvedev, o jogador de Belgrado vai medir forças com mais um italiano nos quartos de final: desta vez Matteo Berrettini, que beneficiou da desistência de Roger Federer para avançar sem ter de entrar em court.

Total
0
Shares
Total
0
Share