Frederico Silva regressa ao circuito Challenger com vitória em Biella

Millennium Estoril Open

O português Frederico Silva (168.º do ranking ATP) qualificou-se, esta terça-feira, para a segunda ronda do quadro principal de singulares do Challenger de Biella, em Itália, ao derrotar Steve Diez (190.º) por 6-3 e 7-5.

Apesar de resolvido em dois parciais, o encontro foi longo: foram precisas 2h10 para o tenista caldense de 26 anos carimbar a vitória, em grande parte devido a dois jogos particularmente longos no serviço de Diez: o quarto da primeira partida, que contou com oito vantagens e terminou com o break para Silva, e o primeiro do segundo set, que teve seis vantagens e viu o português falhar cinco pontos de break.

Com a vitória frente ao canadiano, que no final de 2019 chegou ao 134.º posto do ranking, Frederico Silva (que esta semana surge na sua melhor classificação de sempre) reservou um lugar na segunda ronda, onde fica à espera do vencedor do duelo entre Alexandre Muller (191.º) Stefano Napolitano (332.º).

Em Biella está também Gastão Elias, que garantiu a participação no torneio como special exempt ao chegar à final do Oeiras Open 4 (que terminou como campeão). O tenista da Lourinhã irá a jogo ainda esta terça-feira, frente ao wild card Flavio Cobolli (386.º), e não só pode cruzar-se com o adversário na final de domingo, Holger Rune, no encontro da segunda ronda, como com o compatriota Frederico Silva nos quartos de final.

Total
0
Shares
Total
0
Share