Gonçalo Oliveira ultrapassa batalha de 3h04 na estreia no Oeiras Open 4

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Gonçalo Oliveira (316.º do ranking ATP) carimbou, na tarde desta terça-feira, uma das vitórias mais longas da carreira, ao superar o argentino Pedro Cachin (295.º) por 6-4, 5-7 e 7-6(1) depois de 3h04 rumo à segunda ronda do quadro principal de singulares do Oeiras Open 4, o quarto e último torneio do ATP Challenger Tour organizado pela Federação Portuguesa de Ténis no Complexo Desportivo do Jamor.

Num encontro de alto nível, o jogador português de 26 anos controlou grande parte do duelo e jogou sempre a alta intensidade — como é seu apanágio — e chegou a estar perto de uma vitória em duas partidas, mas não conseguiu concretizar nem os dois pontos de break ao 2-2 do segundo set (já depois de ter anulado dois no seu jogo de serviço), nem o que teve ao 5-5 e acabou por ser forçado a um parcial decisivo pelo argentino, que há cerca de um mês venceu, neste mesmo palco, o Oeiras Open 2 (derrotou Nuno Borges na final e Oliveira nas meias-finais, após desistência do portuense), e no último domingo perdeu a final do ITF de 25.000 dólares de Vic, em Espanha.

Aos dois jogos perdidos de forma consecutiva na reta final da segunda partida seguiram-se mais três no arranque do último set, num terceiro jogo marcado por nove vantagens (entre elas dois pontos de break para o português), mas a má fase não abalou Oliveira, que conseguiu recuperar de forma exímia com dois jogos de resposta extremamente apurados. Novamente à frente do marcador, o jogador “da casa” esteve perto de fechar o encontro ao 10.º jogo, com o serviço, mas não aproveitou o match point que teve (falhou uma direita em cima da rede quando tinha o ponto resolvido) e foi quebrado ao sétimo ponto de break, precisando de um novo esforço para fechar a contenda no tie-break irrepreensível.

Com a longa vitória desta terça-feira, Gonçalo Oliveira juntou-se aos compatriotas Gastão EliasNuno Borges na segunda ronda do Oeiras Open 4, na qual vai medir forças com o qualifier cazaque Timofey Skatov, número 441 do ranking mundial.

Total
7
Shares
Total
7
Share