A afirmação em Belgrado: Badosa transforma estreia em finais no primeiro título da carreira

A espanhola Paula Badosa tem sido um dos nomes mais falados no circuito WTA quando o assunto diz respeito à temporada de terra batida em 2021. Uma das principais figuras nesta fase da temporada, depois do brilharete na Caja Mágica, a tenista espanhola atingiu este sábado mais um ponto alto naquela que está a ser a sua época de afirmação: o primeiro título. A estrear-se em finais WTA, Badosa fez questão de tornar o momento ainda mais inesquecível ao conquistar o WTA 250 de Belgrado.

Depois de ter derrotado Viktoriya Tomova nas meias-finais durante a manhã, a tenista de 23 anos voltou ao court durante a tarde para medir forças com a croata Ana Konjuh, que também passou pelas meias-finais durante a manhã, mas com marcas que vieram a ser cruciais para o desfecho da final. A tenista croata, que vai regressar ao top 150 e atingiu a primeira final desde 2017 neste regresso ao circuito, terminou o encontro das meias-finais com problemas na anca direita e não conseguiu recuperar devidamente para disputar a final ao mais alto nível, tendo sido forçada a retirar-se quando perdia por 6-2 e 2-0.

Com um arranque implacável, Badosa quebrou o serviço a Konjuh por duas vezes e abriu uma vantagem de 3-0 no marcador. A tenista de Dubrovnik deu ainda um sinal de força e recuperou um dos breaks de atraso, mas sofreu uma terceira quebra de serviço logo a seguir e não voltou a ter capacidade para se reerguer. No arranque do segundo set, Badosa fez mais um break e confirmou o jogo de serviço seguinte. A desistência de Konjuh surgiu logo a seguir e as duas tenistas ficaram durante alguns minutos a trocar palavras e sorrisos junto à rede, antes da cerimónia de entrega de prémios.

Com a conquista do primeiro título da carreira, Paula Badosa vai também atingir um novo máximo de carreira no ranking WTA. Na próxima segunda-feira, a tenista espanhola vai surgir na 34.ª posição, dez lugares acima daquele em que iniciou a semana. Ana Konjuh, por outro lado, vai registar uma das maiores subidas da semana – 44 lugares – e instalar-se no 144.º posto, isto depois de ter terminado a época de 2020 no 538.º lugar.

Total
3
Shares
Total
3
Share