Prodígio Alcaraz trava Gastão Elias e segue para as meias-finais no Oeiras Open 125

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — O duelo mais aguardado da jornada sorriu ao espanhol Carlos Alcaraz (114.º ATP), que voltou a demonstrar as razões que fazem dele uma das grandes promessas do ténis mundial e derrotou o português Gastão Elias (313.º), por 7-5 e 6-4, para chegar às meias-finais do Oeiras Open 125.

Gastão Elias liderou por 5-2 e parecia encaminhado para ser o único português a marcar presença nas meias-finais do maior torneio Challenger jamais realizado em Portugal. No entanto, a partir desse momento, Alcaraz amealhou 16 dos últimos 20 pontos e ficou com o ascendente do encontro, que nunca mais largou. Elias passou a servir pior (e o espanhol bem melhor, com ‘bombas’ a mais de 200km/h) e o jovem prodígio dominou grande parte dos pontos para tomar controlo também do segundo parcial, fazendo valer o seu ténis potente, profundo e com domínio com a sua direita.

O tenista de 30 anos sai, ainda assim, do torneio com motivos para sorrir: além da grande vitória de ontem (a primeira frente a um tenista do top 100 em mais de três anos), vai regressar ao top 300 e para a semana será um dos candidatos a triunfar no Challenger 50, outra vez no Complexo Desportivo do Jamor.

Quanto a Carlos Alcaraz vai continuar a poder mostrar todo o seu calibre nesta sexta-feira, quando medir forças com o japonês Taro Daniel em busca da final mais importante da carreira.

Total
1
Shares
Total
1
Share