Nuno Borges volta a brilhar e chega aos quartos de final do Oeiras Open 125

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Um dia depois de ter passado com categoria por Bernabé Zapata Miralles, o português Nuno Borges (296.º ATP) voltou a deixar pelo caminho um tenista espanhol, desta vez o top 100 Pedro Martínez (99.º classificado no ranking), com os parciais de 6-2 e 6-4, para chegar aos quartos de final de singulares do ATP Challenger 125 Oeiras Open.

Tal como na véspera, o jovem português voltou a alinhar uma exibição autoritária: com dois breaks nos três primeiros jogos, que segurou ao salvar três pontos de break logo a seguir, Borges ditou a tónica do “combate”, dando muito pouca margem ao adversário espanhol de aspirar a outro resultado, uma vez que também no segundo set o jogador “da casa” conseguiu adiantar-se no saque do número 99 mundial e, uma vez mais, consolidar o break ao salvar três pontos de break logo a seguir. O triunfo foi carimbado em 85 minutos.

Somada a segunda vitória consecutiva na terra batida do Jamor, onde há pouco mais de um mês disputou a primeira final da carreira no circuito Challenger, Nuno Borges fica a aguardar pela conclusão do encontro entre o compatriota Frederico Silva e o argentino Facundo Bagnis (sétimo cabeça de série e vice-campeão dos Challengers de Braga e Lisboa em 2019) para conhecer o próximo adversário.

Independentemente do que aconteça, o maiato de 24 anos já garantiu mais 25 pontos para o ranking ATP, que lhe garantem um novo máximo de carreira na próxima semana — neste momento está na 275.ª posição do ranking virtual, superando largamente o 296.º que ocupa na última atualização da hierarquia.

Total
1
Shares
Total
1
Share