Vídeo: assustada com o pai de Camila Giorgi, árbitra pediu apoio aos colegas

Camila Giorgi foi uma das protagonistas do encontro mais longo do ano no circuito feminino, mas o episódio que mais está a dar que falar depois da derrota da tenista italiana num duelo “de loucos” com Sara Sorribes Tormo em Roma envolve o pai, Sergio Giorgi, e a árbitro de cadeira responsável, Lara Morgane, que num momento mais quente do duelo entrou em contacto com a restante equipa de arbitragem para pedir apoio.

“É possível ter alguém perto de mim? O pai da Giorgi está muito zangado”, ouviu-se na comunicação captada pela equipa de realização.

O encontro eletrizante prolongou-se por 3h51 e, apesar de Camila Giorgi ter liderado por 4-0 e 5-3 no último set, terminou com a vitória de Sorribes Tormo, que contou com a ajuda de nada mais, nada menos do que 86 erros não forçados da tenista da casa para seguir em frente.

Total
4
Shares
Total
4
Share