Ruud trava domínio de Tsitsipas e garante um novo finalista de Masters 1000

Depois de Andrey Rublev, caiu o outro líder de vitórias em 2021: Stefanos Tsitsipas não conseguiu confirmar o favoritismo e foi surpreendido por Casper Ruud (22.º do ranking ATP), que seguiu para os quartos de final do Mutua Madrid Open e garantiu um novo finalista de torneios ATP Masters 1000.

O jovem norueguês, vice-campeão do Braga Open em 2018 (foi derrotado na final pelo português Pedro Sousa), converteu o único ponto de break do encontro para derrotar o número cinco mundial em duas partidas, por 7-6(4) e 6-4, e somar a primeira vitória da carreira contra um tenista do top 5 mundial.

Determinado a grandes voos em Madrid, onde jogou a final em 2019, Tsitsipas falhou em apresentar a consistência e, sobretudo, a potência das exibições recentes, que fizeram dele campeão do ATP Masters 1000 de Monte Carlo e vice-campeão do ATP 500 de Barcelona (dispôs de um match point contra Rafael Nadal) e perdeu antes dos quartos de final pela primeira vez em 2021.

Quanto a Ruud, está pela terceira vez consecutiva aos “quartos” de um torneio desta categoria disputado em terra batida. Para igualar a campanha no Mónaco, onde fez meias-finais, o norueguês de 22 anos terá de passar pelo cazaque Bublik. Cristian Garín, Matteo Berrettini eFederico Delbonis são os restantes jogadores que, a partir deste momento, lutam pelo já confirmado estatuto de novo finalista em ATP Masters 1000.

Total
1
Shares
Total
1
Share