Porto Open sobe de categoria no ATP Challenger Tour

O Porto Open já tinha presença confirmada no calendário do ATP Challenger Tour em 2021, mas esta semana foi promovido de ATP Challenger 50 a ATP Challenger 80, dando resposta afirmativa à solicitação que foi feita pela Associação de Tenistas Profissionais (ATP).

“A ATP contactou-nos no sentido de perceber se estaríamos disponíveis para subir a categoria do Porto Open porque tinha interesse em aumentar o apoio e fazer esse upgrade. Depois do acordo com a Associação de Ténis do Porto, respondemos naturalmente de forma positiva, uma vez que o objetivo da Federação Portuguesa de Ténis é proporcionar aos tenistas portugueses oportunidades de competirem e pontuarem no nosso país e desta forma teremos mais pontos e prémios monetários em jogo”, explicou Vasco Costa, presidente da FPT.

Resultado de um esforço conjunto entre a Associação de Ténis do Porto (que organiza o evento há 22 anos consecutivos) e a Federação Portuguesa de Ténis, com um importante apoio da ATP, o maior torneio de ténis organizado na cidade do Porto fará parte do ATP Challenger Tour pela primeira vez e realizar-se-á entre os dias 27 de junho e 4 de julho, nos courts de piso rápido do Complexo Desportivo do Monte Aventino.

Na semana anterior, entre 20 e 27 de junho, será jogada a vertente feminina do Porto Open, que continuará a integrar o calendário da Federação Internacional de Ténis e a distribuir 25.000 dólares em prémios monetários.

Presente no calendário Challenger pela primeira vez, o Porto Open será o quinto torneio deste circuito a acontecer em Portugal em 2021: entre 28 de março e 11 de abril, a Federação Portuguesa de Ténis organizou dois ATP Challenger 50 no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras, o mesmo local onde entre 16 e 23 de maio se realizará um ATP Challenger 125 (a categoria mais importante do circuito secundário) e, entre 23 e 30 do mesmo mês, um ATP Challenger 50.

Total
3
Shares
Total
3
Share