Henrique Rocha travado in extremis no Oeiras Open

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Terminou esta segunda-feira a participação histórica de Henrique Rocha no Oeiras Open, com o jovem português de 16 anos a ser travado ao fim de uma longa batalha na ronda de acesso ao quadro principal de singulares.

Um dia depois de ter conquistado o primeiro ponto ATP da carreira, uma vitória que fez dele o primeiro tenista nascido em 2004 a vencer num torneio Challenger, o maiato bateu-se de igual para igual com o argentino Pedro Cachín (número 336 que já foi 166) até perder por 4-6, 6-2 e 6-4, quando estava decorrida 1h54 de encontro.

Depois de um primeiro set praticamente perfeito, em que salvou os três pontos de break que enfrentou e concretizou o primeiro de que dispôs, ao nono jogo, Henrique Rocha não conseguiu aguentar a resposta do tenista sul-americano e sofreu duas quebras de serviço que definiram a segunda partida. Chegada a hora de todas as decisões, o tenista do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis até foi o primeiro a quebrar o serviço do adversário, mas Cachin reagiu não numa, mas em duas ocasiões e obrigou o português a um esforço extra na reta final do encontro. Apesar de ainda ter recuperado por duas vezes, Rocha também sentiu o peso do momento na raquete chegada a hora de servir e acabou por ver escapar a vitória nos últimos momentos.

Notícia em atualização…

Total
2
Shares
Total
2
Share