Gastão Elias derrota ex-número um mundial de juniores no Oeiras Open

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Não há duas sem três: depois de Gonçalo Oliveira e Tiago Cação, Gastão Elias também carimbou o apuramento para a segunda ronda do quadro principal de singulares do Oeiras Open, torneio ATP Challenger 50 que a Federação Portuguesa de Ténis organiza no Complexo Desportivo do Jamor.

De regresso ao Estádio Nacional para competir pela primeira vez desde que representou Portugal no play-off da Taça Davis contra a Alemanha, o ex-top 60 mundial (atual 358.º) confirmou o favoritismo e derrotou o ex-número um mundial de juniores e 286 ATP, Chun-hsin Tseng, por 6-3, 2-6 e 6-4, depois de 2h31.

Num encontro de qualidade e recheado de emoção, Elias recuperou da desvantagem de um break para vencer a primeira partida. Mas o segundo parcial ditou uma mudança no ascendente, com Tseng a aproveitar a quebra de rendimento do português para reentrar no jogo. Empatado o marcador, o ex-campeão de Roland-Garros e Wimbledon no circuito de sub 18 até foi o primeiro a enfrentar pontos de break na partida decisiva, mas anulou ambas as ocasiões (ao primeiro e terceiro jogos) e fez a primeira “ferida” de seguida. Gastão Elias reservou o melhor para o fim e, quase entre a espada e a parede, venceu cinco jogos consecutivos para virar o resultado e carimbar a primeira vitória do ano no circuito Challenger.

Superado o primeiro obstáculo, o tenista português de 30 anos terá de terá de aguardar pela conclusão do encontro entre Roberto Ortega-Olmedo e Ernesto Escobedo para conhecer o adversário da segunda ronda.

Total
3
Shares
Total
3
Share