Gonçalo Oliveira entra diretamente no Oeiras Open e abre vaga a mais um português

Beatriz Ruivo/FPT

Um dia depois de ser convidado pela organização para o quadro principal de singulares do Oeiras Open 1, Gonçalo Oliveira beneficiou das habituais desistências de última hora para se juntar à lista de entradas diretas no torneio Challenger. Assim, o número de representantes nacionais deverá subir para sete.

Na quinta-feira, a Federação Portuguesa de Ténis (FPT) entregou wild cards ao portuense de 26 anos, a Gastão Elias e a Nuno Borges, pelo que se liberta uma vaga para o quadro principal — presumivelmente destinada a Tiago Cação, um dos três escolhidos (a par de Luís Faria e Pedro Araújo) para a lista de convidados para o qualifying. A confirmar-se esta decisão, ficará por endereçar um convite para a fase de qualificação.

Um dos tenistas a retirar o nome do torneio foi o australiano Thanasi Kokkinakis, que na última madrugada selou o apuramento para a segunda ronda do Masters 1000 de Miami.

O Oeiras Open 1 é o primeiro de dois ATP Challenger 50 organizados pela FPT no Complexo Desportivo do Jamor e acontece entre os dias 28 de março e 4 de abril. Jogado à porta fechada, o torneio contará com transmissão televisiva a partir de quinta-feira, na Sport TV.

Total
2
Shares
Total
2
Share