Gastão Elias, Nuno Borges e Gonçalo Oliveira com wild cards para o primeiro Oeiras Open

Sara Falcão/FPT

Gonçalo Oliveira (296.º do ranking ATP), Gastão Elias (358.º) e Nuno Borges (375.º) foram os jogadores portugueses galardoados com wild cards para o quadro principal de singulares do Oeiras Open 1, o primeiro de dois torneios ATP Challenger 50 que a Federação Portuguesa de Ténis organiza no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras, a partir de 28 de março (domingo).

O anúncio foi feito na conferência de apresentação desta quinta-feira, na qual foi também comunicado que para o qualifying foram convidados Tiago Cação (558.º), Luís Faria (827.º) e Pedro Araújo (1009.º).

Presente na conferência de imprensa de apresentação, Gastão Elias comentou o regresso ao ATP Challenger Tour e ao Jamor: “Para mim é ótimo poder voltar a jogar um torneio desta categoria e sobretudo poder fazê-lo em Portugal e mais precisamente neste palco que é único no mundo. É um dos lugares mais bonitos para se jogar ténis e quero aproveitar para agradecer à Federação Portuguesa de Ténis por todo o empenho que tem tido neste projeto, tem feito um excelente trabalho e todos os tenistas portugueses têm de agradecer muito por isso. Estou feliz e espero que estas semanas corram bem à comitiva lusa.”

Vasco Costa, presidente da Federação Portuguesa de Ténis, destacou a importância do regresso do ténis internacional ao Estádio Nacional: “É um grande orgulho para todos voltarmos a realizar provas deste nível no Complexo Desportivo do Jamor. Como sabem, durante muitos anos jogou-se aqui o Estoril Open, que terminou como Portugal Open, e termos a possibilidade de reativar este complexo maravilhoso é fantástico. E para isso nada melhor do que realizarmos logo três torneios desta dimensão, dois ATP Challenger 50 e um ITF W60 que vão trazer jogadores de bastante qualidade.”

Diretor do torneio, José Santos Costa também abordou a importância destas provas para o ténis nacional: “O que se espera é que os portugueses e as portuguesas aproveitem ao máximo estas oportunidades numa altura em que há poucos torneios internacionais. A Federação Portuguesa de Ténis tem feito um esforço muito grande para dar um upgrade à qualidade dos torneios, que se traduz em mais oportunidades de jogo e de evolução, mais pontos e mais prize-money e, neste caso, em estarmos na casa do ténis nacional, que é o Estádio Nacional do Jamor.”

O ATP Challenger 50 Oeiras Open 1 joga-se entre os dias 28 de março e 4 de abril no Complexo Desportivo do Jamor. De domingo a quinta-feira os primeiros encontros começam às 10 horas, na sexta-feira e no sábado às 11 horas e no domingo a final tem início marcado para as 12h30.

De 4 a 11 de abril acontece o ATP Challenger 50 Oeiras Open 2, seguido do ITF W60 Oeiras Ladies Open entre 11 e 18 de abril. Na quarta semana, o ITF W25 Oeiras Magnesium-K Active Ladies Open acontece entre 18 e 25 de abril no Clube Escola de Ténis de Oeiras.

Total
2
Shares
Total
2
Share