Nuno Borges continua a subir e alcança o melhor ranking da carreira

Beatriz Ruivo/FPT

Nuno Borges atingiu, esta segunda-feira, um novo máximo de carreira no ranking do circuito mundial masculino, ao subir ao 366.º lugar.

Aos 24 anos, o tenista maiato subiu 22 posições em relação à última classificação graças ao 10.º título da carreira, conquistado em Antália.

Para além de Borges, também Gastão Elias subiu consideravelmente no ranking: o jogador da Lourinhã ganhou 39 posições e é o 379.º, duas semanas depois de ter entrado em 2021 a vencer o ITF de 25.000 dólares de Vilhena, em Espanha.

Entre os 10 melhores portugueses só houve mais uma subida, com Frederico Silva a passar de 185.º para 184.º. Conciliada com a descida de João Domingues (é 185.º), a alteração permite ao caldense tornar-se no novo número três nacional.

João Sousa perdeu cinco posições e é agora 98.º, estando a apenas três lugares de abandonar o top 100 pela primeira vez desde setembro de 2013.

Top 10 português no ranking ATP:

98.º João Sousa
108. Pedro Sousa
184. Frederico Silva
185. João Domingues
291. Gonçalo Oliveira
366. Nuno Borges
379. Gastão Elias
514. Fred Gil
553. Tiago Cação
805. Luís Faria

Total
3
Shares
Total
3
Share