Osaka salva match points, dá a volta a Muguruza e segue para os ‘quartos’

A japonesa Naomi Osaka está apurada para os quartos de final do Australian Open. Este domingo, a número três mundial levou a melhor sobre a 14.ª cabeça de série, Garbiñe Muguruza, com os parciais de 4-6, 6-4 e 7-5.

Apesar de um melhor arranque de Osaka, que chegou ao primeiro break e se adiantou por 2-0, foi Muguruza a sorrir por último. A hispano-venezuelana recuperou rapidamente a desvantagem e, na reta final do parcial, avançou para um segundo break que lhe permitiu adiantar-se no marcador.

Com o ímpeto todo do seu lado, Muguruza continuou a disparar winners nos momentos certos e quebrou o serviço a Osaka logo no jogo inaugural da segunda partida. Com um set e um break de vantagem, a tenista de 27 anos aparentava ter o controlo do jogo, mas facilitou e viu um 30-0 transformar-se num break a favor da adversária, que igualou o parcial (2-2). Osaka voltou à discussão do encontro, voltou a ser igual a si mesma e conseguiu capitalizar no terceiro set point de que dispôs, de forma a empurrar o encontro para a terceira partida.

Apesar do desaire no segundo set, Muguruza nunca perdeu o foco… nem a qualidade do primeiro serviço. Com ases ocasionais, mas sempre com uma elevada percentagem de primeiras bolas (colocou 78% ao longo de todo o encontro), Muguruza continuou a fechar os jogos de serviço e à espreita de uma oportunidade para voltar a ferir Osaka.

A chance surgiu no quinto jogo, a 14.ª cabeça de série agarrou-a – com a ajuda de uma dupla falta da adversária no break point – e aguentou a vantagem com unhas e dentes até servir para fechar o encontro (antes já tinha desperdiçado dois match points no serviço da japonesa). Aí, e depois de salvar dois break points, Muguruza não conseguiu evitar que Osaka, à terceira, voltasse a igualar o parcial.

O drama ficou todo guardado para o final. Depois de ter estado por duas vezes a um ponto do triunfo, Muguruza viu-se sem soluções para contornar a maior solidez de Osaka na reta final do encontro. A hispano-venezuelana tentou inovar quando servia para forçar o tiebreak, mas um volley e uma direita inside-out falhados deram três match points a Naomi Osaka. Logo de seguida, um novo erro de Muguruza resultou na vitória da número três mundial.

À procura de um segundo título em Melbourne Park, Naomi Osaka já tem adversária definida. A japonesa vai defrontar Su-Wei Hsieh (71.ª) que, aos 35 anos, garantiu o acesso aos quartos de final de um Grand Slam pela primeira vez.

Total
1
Shares
Total
1
Share