Pedro Sousa desiste de Delray Beach e começa o ano na Austrália

Beatriz Ruivo/FPT

Um dia depois de João Sousa ter retirado o nome da lista de inscritos do ATP 250 de Antalya, na Turquia, esta segunda-feira foi a vez de Pedro Sousa abdicar da viagem até ao ATP 250 de Delray Beach, nos EUA. Desta forma, os dois melhores tenistas portugueses da atualidade só começarão a temporada em fevereiro, já na Austrália.

Ao Raquetc, Pedro Sousa explicou que está “com problemas no joelho esquerdo e não quero arriscar [falhar a] Austrália. Não deve ser nada de grave!”

Número 106 do ranking ATP, o lisboeta de 32 anos viu confirmada a presença no quadro principal do Australian Open num dos últimos dias de 2020, graças à desistência do suíço Roger Federer.

Ao abdicar da ida a Delray Beach, o recém-campeão do Maia Open (torneio do ATP Challenger Tour que encerrou o último ano) só irá a jogo em fevereiro, já depois de ter cumprido os 15 dias de quarentena obrigatória à chegada a Melbourne, onde está a ser criada uma bolha de segurança com vários torneios, entre os quais o Australian Open.

Total
1
Shares
Total
1
Share