Jaume Munar completa final de luxo no Lisboa Belém Open

Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

LISBOA — Melhor era impossível: depois de Pedro Sousa, também Jaume Munar carimbou o apuramento para a final de singulares da quarta edição do Lisboa Belém Open, que assim vai colocar frente-a-frente os dois tenistas mais cotados de todo o elenco.

Primeiro cabeça de série, o tenista espanhol — que esta semana até surge uma posição atrás do português no ranking ATP — somou mais uma vitória em dois sets, desta vez ao superar Federico Gaio (136.º) pelos parciais de 6-3 e 6-0.

Depois de um primeiro set bastante equilibrado, o break conseguido logo a abrir o segundo ditou a superioridade de Munar, que agarrou a liderança do encontro e não mais a largou frente a um adversário que na véspera jogou durante três horas, carimbando de forma muito autoritária a quarta vitória da semana.

A final de domingo será a primeira de Jaume Munar em 2020, mas a sétima da carreira no ATP Challenger Tour, onde conta com um registo de quatro títulos conquistados (o último em novembro de 2019). Do outro lado da rede estará o bem mais experiente nesse capítulo Pedro Sousa, que no CIF, a sua segunda casa, disputará pela 15.ª vez uma final neste circuito.

O frente-a-frente entre os dois contabiliza apenas um encontro: foi no ATP 500 de Barcelona, em 2019, com a vitória a sorrir ao espanhol por 2-6, 6-4 e 6-0.

Total
1
Shares
Total
1
Share