Frederico Silva volta a vencer e fica a um passo do quadro principal de Roland Garros

Dois dias, duas vitórias, o melhor resultado da carreira em torneios do Grand Slam e o primeiro quadro principal tão perto: esta quarta-feira, Frederico Silva somou a segunda vitória do Stade de Roland-Garros para inscrever o nome na terceira e última ronda do qualifying em Paris.

Depois de ter deixado pelo caminho, de forma muito autoritária, o ex-número 12 Viktor Troicki, o jogador português de 23 anos assinou mais uma vitória em dois sets, desta vez por 7-6(4) e 7-6(2) frente ao brasileiro João Menezes, número 183 do Mundo e um dos primeiros a garantir a participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A participar pela terceira vez na carreira em torneios do Grand Slam como profissional (enquanto júnior conquistou dois títulos na variante da pares), Frederico Silva já garantiu o melhor resultado e está a apenas uma vitória de garantir uma participação inédita em quadros principais.

A separá-lo do primeiro grande objetivo que estabeleceu na chegada à capital parisiense, o número quatro nacional terá ou o japonês Go Soeda (121.º) ou o checo Tomas Machac (252.º).

Total
12
Shares
Total
12
Share